SUGESTÃO DE ATIVIDADE PARA SE TRABALHAR O TEMA DA VIOLÊNCIA

Em estágio acadêmico realizado no primeiro semestre de 2011, na Escola Estadual Jornalista Roberto Marinho – Campinas, SP, um tema trabalhado com freqüência, com alunos da segunda série do Ensino Médio, foi o da violência.

 Está temática foi trabalhada em todas suas formas de expressão como, por exemplo, violência doméstica, violência contra mulher, violência presente nas ruas, etc.

Como atividade complementar foram trabalhadas algumas músicas do cantor Gabriel “O Pensador”, dentre elas “Retrato de um playboy”, “Lavagem cerebral”, “Estudo errado”, “O resto do mundo” e “Até quando”.

A sala foi dividida em cinco grupos, para cada qual foi distribuída a letra de uma das músicas (citadas acima).  As músicas foram tocadas para que todos estudantes escutassem e, em seguida, esses foram orientados a fazer uma análise da letra que se encontrava com eles.

 O objetivo da análise (e da atividade) era que os alunos identificassem na letra qual “tipo” de violência estava sendo tratada. A partir de trechos das músicas, que serviriam de base para reflexão, os alunos deveriam elaborar uma discussão sobre a forma de expressão da violência que a letra tratava.

Ao final abriu-se um debate para que os grupos expusessem suas reflexões e, em contrapartida, os alunos expressassem suas opiniões.

 

Para melhor ilustrar está atividade apresento abaixo uma reflexão de um dos grupos, o qual estava com a música “O Resto do Mundo”:  “Foi identificado que a falta de oportunidade pode gerar violência como, por exemplo, acabar com a vida de terceiros, pois não se tem nada a perder; a questão do racismo, sendo racismo igual a burrice (“burro quem acha que racismo não existe”). Identificamos também que a  questão de falta de oportunidades, de acordo com a música, pode estar ligada as pessoas ricas, o que gera grande revolta, podendo desencadear vários tipos de violências (roubos, assassinatos, etc.)” (comentários dos estudando da Segunda Série do Ensino Médio, da Escola Estadual Jornalista Roberto Marinho, a respeito da música “O Resto do Mundo” ‘Gabriel “O Pensador”).

Anúncios



    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: