MÍDIA, NEOLIBERALISMO E REFORMA AGRÁRIA

 

Imagem em  http://racismoambiental.net.br/2010/04/

 Em 01 de junho de 2008, o líder do MST João Pedro Stédile foi entrevistado no programa de televisão Canal Livre, da TV Bandeirantes. Pelo formato do programa, são apresentadas perguntas diretas, provocativas, dando oportunidade de resposta ao entrevistado. Sédile agradece a cada ocasião, por mais dura que seja a questão colocada, pois explica qu está tendo oportunidade de ser ouvido.

 Ao longo dos 60 minutos de entrevista, vários temas são propostos por Stédile para terem ampla discussão na sociedade, mas que são ocultados pelo casamento quase indissolúvel da grande mídia internacional com os interesses do neocapitalismo globalizado. Neste sentido, a reforma agrária no Brasil não avança com foco em distribuição de renda e justiça social, e o MST vai sendo “criminalizado” perante a opinião pública.

 Como um projeto para ensino médio, os trechos abaixo da entrevista do Stédile (disponíveis no YouTube) poderiam ser utilizados para discussão de diversos conceitos do programa de Sociologia: classe social, capitalismo, reforma agrária, poder da mídia, conscientização, movimento social, neoliberalismo etc.

 Trecho 1:  http://www.youtube.com/watch?v=AsCxkvnax4w

Trecho 2: http://www.youtube.com/watch?v=yVQ_3FFhN2s

Trecho 3: http://www.youtube.com/watch?v=xnfchaMcls8

Trecho 4: http://www.youtube.com/watch?v=DcJutA76G2g&feature=related

Trecho 5: http://www.youtube.com/watch?v=-kAhe5PCzlA

Trecho 6: http://www.youtube.com/watch?v=KFzuheNm2Q0

Anúncios

  1. diegorroberto

    Falando em criminalização do MST perante a opinião pública…




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: