Rap e educação.

 

 

Dentro da aulas de “Escola e Cultura”, disciplina oferecida pela Faculdade de Educação pela UNICAMP tivemos a oportunidade de desenvolver diversos projetos ligados à problematização da escola pública hoje. A princípio tinhamos que formular uma problematização e irmos ao campo dar cabo das nossas indagações. Na apresentação da problematização do projeto um, em especial, me chamou a atenção. Em suma, o coléga que a apresentará tinha o seguinte questionamento: “Qual o lugar do prazer na educação?”

Tornei o questionamento meu, assim como acho que todos deveriam fazer. Uma das minhas respostas talvez se encontre neste video, justamente por que ele oferece não somente entetrenimento, mas uma possibilidade dos alunos se verem naquele que por muito tempo pode ter sido seu camarada e vigia* um alguém de referências próximas. Os instrumentos que são de facil domínio por estudantes deveria ser objeto de conhecimento e compartilhamento de professores. Dividir experiências e descer do pedestal do conhecimento é fundamental para que se possa construir novas relações de poder e conhecimento.

* Alusão ao texto “O olho do poder in; Microfísica do poder”

Anúncios

  1. Sobre isso recomendo o livro “Rap e educação, rap é educação” cuja organização é de Elaine Nunes de Andrade. O livro é composto de vários artigos que tratam as questões relativas à cultura do rap como parte do movimento negro da década de 90.

    Na primeira parte do livro os artigos analisam esse movimento, e a historicidade do rap brasileiro. A segunda parte conta com relatos de educadores que se utilizam do rap como instrumento pedagógico.

    Acredito ser o rap um excelente instrumento para utilizarmos em sala de aula. As temáticas desse estilo (que não é só musical) são sempre de cunho crítico e social, o que nos dá uma margem de trabalho muito ampla, em especial sendo a preferência dos jovens do Ensino Médio.

  2. Há também um grupo bem legal que desenvolve um trabalho com hip hop nas escolas, compondo letras que trabalhem folclore, histórias infantis, matérias escolares e temas transversais, visando sempre o desenvolvimento do senso crítico por parte dos alunos, bem como a ampliação do conhecimento acerca da cultura hip hop.
    O grupo chama Matéria Rima, e podem ser encontradas mais informações no site: http://tramavirtual.uol.com.br/materia_rima/




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: